A impotência sexual pode afetar o relacionamento?

A disfunção erétil ou impotência sexual, ainda é um tabu e pouco se fala sobre o assunto e as consequências deste problema.

Disfunção erétil é diagnosticada quando o indivíduo não consegue obter ou manter uma ereção do pênis, rígida o suficiente para realizar uma relação sexual satisfatória para ambos os parceiros. Esta incapacidade tem que ser recorrente em pelo menos 50% das tentativas.

Muitos homens passam por um episódio de disfunção erétil e já se auto diagnosticam como impotentes. Passar por uma ou duas situações não significa impotência. Pode ser que você esteja apenas passando por um momento de instabilidade emocional.

Para ter certeza do diagnóstico procure sempre um profissional da área (neste caso urologista) e exponha suas dúvidas. Este profissional, através de informações e exames chegará ao diagnóstico (se for o caso), as causas e o tratamento.

Muitos homens por timidez não buscam ajuda e sofrem calados.

Então a pergunta é: A impotência sexual pode afetar seu relacionamento?

A resposta é: depende. Se você tem um relacionamento de parceria e falam sobre o assunto certamente as chances de superarem isto juntos é muito maior.

Em primeiro lugar não tenha vergonha e enfrente o problema como deve ser enfrentado, buscando ajuda de um profissional. Se for confirmado o diagnóstico, ele lhe dirá a causa e o possível tratamento para o seu caso, muitos homens tem usado Tittanus com ótimos resultados.

Diante disto, converse com sua parceira (ou parceiro) e exponha o problema, mostrando que você já está buscando uma solução. Se você se sentir à vontade, convide sua parceira (o), para lhe acompanhar nas consultas.

Se, ao contrário, você não buscar ajuda, não falar do problema, tentar fingir que não está acontecendo nada, seu parceiro ou parceira obviamente vai perceber que algo não está funcionando bem e pode até mesmo se sentir culpado.

Quando o homem está passando por este problema de impotência, é claro que as relações sexuais esfriam e são evitadas. Se a sua parceira (o) não sabe o que está acontecendo, vai começar a imaginar que não é mais desejada, que o parceiro não sente mais atração por ela (e), e sim pode desencadear o fim de um relacionamento, mesmo que os dois ainda se gostem.

O diálogo é sempre o melhor caminho para que superem este problema. Buscar ajuda, compartilhar a situação com sua companheira (o) vai lhe dar segurança para superar este período com mais confiança e obter um resultado positivo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *